Briga Entre Os Pais Na Frente Dos Filhos – Como Isso Os Afetam?

Couple fighting in front of childEm um relacionamento, por mais tranquilo que seja, sempre ocorre algumas discussões entre o casal. Mas e quando isso acontece na frente das crianças?

Uma briga entre os pais na frente dos filhos, onde há violência física ou psíquica, como fazer o outro passar vergonha, colocá-lo em posição inferior ou usar nomes pejorativos, pode influenciar para sempre e em muitos aspectos as crianças, trazendo ansiedade, medo e até mesmo afetando em seus futuros relacionamentos afetivos.

Discussão Saudável

No caso de discussões saudáveis, onde cada um expõe seu ponto de vista de forma tranquila, com respeito, sem ofensas ou humilhações, pode até agregar valores para a criança. Dessa forma elas aprendem que até pode existirem opiniões diversas sobre o mesmo assunto, mas quando existe respeito de todos há uma forma de se entrar em um consenso.

Deixe Seu Filho De Fora

Discutir por questões que envolvam a criança (se ela pode comer sobremesa, se pode ir no parquinho…), pode fazê-la se sentir insegura e a causadora pela briga dos pais.

Outro fator importante, mesmo que não seja uma briga, nem tudo deve ser conversado na frente da criança. Definir questões que estejam relacionadas a ela deve ser feitas apenas entre o casal, longe dos filhos.

JAMAIS inclua seu filho em um briga, o coloque contra o pai ou em um momento de revolta fale algo contra ou que denigra a imagem/respeito do parceiro perante a criança. Lembre-se, a criança tem a mãe e pai como seus maiores exemplos e absorve as suas palavras, então não é bacana dizer coisas como: “seu pai não sabe o que faz”, “ele faz tudo errado”, “ele é um folgado”, ou algo do tipo.

crianca-triste

Peça Desculpas

Se o filho presenciar uma briga entre os pais, é preciso que veja a resolução da situação para aprender que os conflitos acontecem, mas devem ser resolvidos. Deixe claro que ele não teve culpa pela discussão e peça desculpas pela falta de controle e nervosismo de vocês, que pode ter gerado insegurança nele.

As crianças, por serem muito sensíveis, observadoras e perceptivas podem sentir quando há tensão no ambiente. E por não saberem as causas, principalmente quando muito pequenas, podem se achar culpadas pelos desentendimentos dos pais.

Então, sempre que precisarem conversar e acharem que o clima pode ficar mais tenso, dirijam-se a outro cômodo e prestem atenção ao volume da voz ou ainda melhor, espere os filhos dormirem.

Gostou? Compartilhe!!