Minha Filha Não Te Deu Um Beijo?

55661518_1012107532312214_2100647953055088640_nÉ, a gente passa uns “carão” quando a criança vira a cara e não quer de forma alguma interagir com aquela pessoa à nossa frente… seja a moça do caixa do supermercado ou até um amigo muito querido, mas que não temos contato tão frequente.

E aí? O que fazer?!?!
Eu diria que NADA!!

Eu me sentiria muito mal se alguém me forçasse a dar um beijo em um desconhecido… Ou ainda se esse desconhecido me agarrasse e me beijasse a força. Diria que pode até rolar polícia!!! rsrs
Então pq isso soaria normal para uma criança? Só por ser criança!??!?!

Eu sei que é muito irresistível e dá vontade de agarrar, beijar, abraçar aqueles pequenos seres tão fofinhos, mas isso não nos dá o direito de invadir o espaço deles.

Se é uma criança que você não tem convívio (e mesmo se tiver), pergunte se ela quer um beijo/abraço e respeite a resposta que ela der!
.
O corpo é território dela, pedindo consentimento você ajuda ela a entender que não é obrigada a aceitar que toquem o seu corpo quando ela não estiver confortável com isso.
Pode parecer bobeira, mas uma simples pergunta ajuda a prevenir possíveis abusos.

Então não force seu filho a beijar ou ir no colo de ninguém… nem daquela tia avó, que mora no interior e que a criança nunca viu na vida só pq é alguém importante pra VOCÊ!

Aqui a pequena é mega seletiva, no início ficava com vergonha por ela não cumprimentar e dar um beijinho como toda criança fofinha.
Hoje, nem ligo mais… se é uma pessoa que sei que ela tem afinidade pergunto se ela quer dar um beijo.
Se alguém pede um beijo à ela, eu pergunto se ela quer dar, se a resposta for negativa (como normalmente acontece) apenas digo: então mande um beijinho ou dê oi acenando com a mãozinha, sem toques e sem invadir o seu território.

Já recebi muita cara feia, muito olho virado e muito ar de “que menina mal educada”, me desculpa se ficou chateado com a situação, mas estou tentando ensinar minha filha que o corpo dela é privado e ninguém deve tocá-la sem permissão.

Mudar o ângulo de visão nos ensina muito sobre a forma de enxergar dos pequenos! 

Gostou? Compartilhe!!